WhatsApp
Conheça 15 revistas eróticas publicadas pela Grafipar

Conheça 15 revistas eróticas publicadas pela Grafipar

A Grafipar foi uma editora curitibana que iniciou seus trabalhos no ano de 1971 e se destacou pelo material erótico que publicava. Aos poucos, passou a produzir quadrinhos nacionais do gênero e lançou um número impressionante de revistas que misturavam o erotismo com histórias policiais, de ficção científica, com elementos do folclore brasileiro, terror e muito mais.

A editora foi uma das mais marcantes dos quadrinhos brasileiros e contou com trabalhos de artistas como Mozart Couto, Rodval Mathias, Watson Portela, Gustavo Machado, Vilachã, Sebastião Seabra, Fernando Bonini, Itamar Gonçalves e Franco de Rosa, com quem a Rika gravou um bate-papo sobre sua trajetória, que pode ser visto aqui.

Preparamos uma lista com 15 revistas eróticas da Grafipar para você conhecer! Confira a seguir:

  • Eros - Quadrinhos Eróticos / Quadrinhos Eróticos

Inicialmente intitulada apenas de Eros, a revista precisou mudar o nome para Quadrinhos Eróticos por conta de uma disputa judicial com a editora Ideia Editorial, que já possuía uma publicação com mesmo nome.

A revista, que foi o primeiro título da editora Grafipar, com o primeiro número lançado em 1978, durou até 1983, tendo um total de 76 números. Além de uma boa dose de erotismo, a publicação trazia críticas ao comportamento ao contexto social e econômino da época, assim como histórias de humor.

  • Sexo em Quadrinhos

Por conta do sucesso de Quadrinhos Eróticos, a Grafipar resolveu lançar Sexo em Quadrinhos, publicação quinzenal que teve 51 números lançados entre 1978 e 1983.

Inicialmente, a revista era produzida apenas pela lenda dos quadrinhos Julio Shimamoto, mas posteriormente contou a colaboração de diversos artistas. A revista trazia histórias com temáticas variadas, como HQs medievais, sobre masoquismo, sadismo e mais.

  • Clássicos Eróticos em Quadrinhos

Clássicos Eróticos em Quadrinhos foi uma publicação que trouxe alguns dos principais clássicos mundiais da literatura erótica na linguagem dos quadrinhos. Teve 15 números lançados entre 1981 e 1983.

Foi a primeira revista da Grafipar que trouxe imagens mais explícitas e era uma tentativa da editora de continuar publicando quadrinhos produzidos por artistas brasileiros.

  • Coleção Erótica Gigante e Quadrinhos Eróticos Gigantes

As duas revistas tiverem, juntas, 8 edições publicadas no ano de 1980 e traziam uma coletânea com algumas das melhores histórias eróticas lançadas pela Grafipar.

  • Contos e Safadas

Contos e Safadas teve 22 números publicados entre 1979 e 1980. A revista fazia uma mistura entre contos de fadas e histórias eróticas, trazendo tramas de humor e erotismo com príncipes e princesas, além de adaptações de clássicos do gênero como Pinóquio e Rapunzel.

  • Especial de Quadrinhos

Com o primeiro número lançado em 1979, Especial de Quadrinhos teve 20 edições e foi uma publicação da Grafipar que não tinha uma linha editorial muito estabelecida, funcionando como uma espécie de revista para testes da editora. Sertão & Pampas e Ficção Fantasia foram alguns dos subtítulos da revista.

  • Fêmeas

Buscando publicar quadrinistas novatos, Fêmeas trazia histórias de aventura com heroínas baseadas em personagens bárbaras e teve 20 números lançados entre 1979 e 1981. A Grafipar mesclava as HQs produzidas por novos talentos com histórias feitas por nomes já conhecidos como Nelson Padrela e Rodval Matias.

  • Herói Erótico

Com apenas 6 números lançados, a Herói Erótico surgiu em 1981 e sempre mostrava um personagem como destaque na capa. Contando com personagens como Hulkão e Ty-Rex, a publicação era produzida por artistas variados de fora do Paraná, estado da editora Grafipar.

  • Maria Erótica

Criada em 1969 por Claudio Seto enquanto trabalhava na Edrel, a personagem foi publicada pela editora até 1975, quando a censura da Ditadura Militar brasileira impediu que a revista continuasse sendo lançada por apresentar conteúdo “obsceno” e “impróprio”.

Após anos esquecida, a personagem voltou para as páginas das HQs em 1980, com um primeiro número lançado pela Grafipar. Abandonando o estilo mais influenciado pelo mangá das primeiras histórias da Maria Erótica, Claudio Seto passou a trazer mais brasilidade para as aventuras da personagem, fazendo parceria com artistas como Nelson Padrella e tramas recheadas de humor, críticas, sátiras e sexo.

  • Neuros

Trazendo conteúdo erótico juntamente com terror, a revista Neuros começou a ser publicada em 1979 e teve 17 números lançados pela Grafipar. A revista apresentava um terror voltado para o psicológico com muitas histórias que trabalhavam com temas do folclore brasileiro, além de questões regionais do Paraná.

  • Próton

Lançada juntamente com a revista Neuros em 1979, Próton, por sua vez, era uma publicação com erotismo e ficção científica.

A histórias da revista possuíam grandes influências das HQs européias de ficção científica, mas eram todas produzidas por artistas brasileiros. A Próton foi lançado somente durante alguns meses, pois teve pouca aceitação do público.

  • Perícia

Intercalando história eróticas com contos policiais, Perícia teve 19 números publicados entre 1979 e 1981. As capas das revistas apresentava fotos de mulheres e cenas de crime e muitas histórias eram disponibilizadas pelos leitores.

  • Playgay

A Grafipar publicava as revistas Rose e Prick, que eram voltadas para o público gay. A editora passou a receber muitos para produzir uma publicação de quadrinhos voltada para esse público, e assim surgiu a Playgay, que teve apenas um número lançado em 1982.

  • Taras Sexuais

Com temas que tinham a intenção de chocar os leitores (necrofilia, incesto, etc.), Taras Sexuais foi a publicação da Grafipar que escancarou de vez os conteúdos explícitos, uma vez que a editora estava perdendo espaço para as revistas pornográficas. Foram lançados 6 números no ano de 1981.

  • Volúpia

Com 12 números publicados, Volúpia foi uma revista produzida por um grupo de artistas de São Paulo que trazia histórias eróticas e de conteúdo variado.

Fonte: Grafipar e o sucesso dos quadrinhos eróticos

465 produtos encontrados
Filtros
Departamento
Categoria
Marca
Faixa de Preço
Filtros
Departamento
Categoria
Marca
Faixa de Preço