Gibis Usados de Super-Herois Marvel DC Vertigo
Foto

Alan Moore

Considerado por muitos como o melhor roteirista da história dos quadrinhos, o britânico Alan Moore nasceu em 18 de novembro de 1953 em Northampton, no interior da Inglaterra. De origem humilde, se interessou por quadrinhos desde criança: lia tanto revistas britânicas quanto super-heróis americanos como Flash e Quarteto Fantástico. Moore não cursou o ensino superior, mas sempre se interessou por artes e literatura, o que o levou a criar fanzines desde o final da década de 1960, com contos, ensaios e poemas.

No início da década de 1980, começou a trabalhar como freelancer para a revista 2000 AD, que trazia histórias curtas de ficção científica. Ali, criou séries como D.R & Quinch, sobre uma dupla de extraterrestres delinquentes; Skizz, que trazia um alienígena perdido na Terra; e ABalada de Halo Jones, que conta a trajetória de uma garota simples do futuro em dramáticas aventuras espaciais. Seu trabalho chamou a atenção de outras editoras e logo Moore passou a escrever a série Capitão Bretanha, para o braço inglês da Marvel; e Miracleman, a reinvenção de um herói dos anos 1950, para a revista Warrior. Outro sucesso que escreveu para a Warrior foi V de Vingança, sobre um anarquista que luta contra um governo totalitário na Inglaterra.
Em 1983, Len Wein, editor da DC, notou o bom trabalho de Moore e o convidou a escrever o título Monstro do Pântano, que não ia bem em vendas. Moore revolucionou a revista, aprofundando seus elementos de terror e transformando-a num sucesso. Foi nessa revista que Moore criou o mago John Constantine, que ganhou revista própria poucos anos depois. O roteirista fez outros trabalhos para a editora, em histórias de personagens como Batman, Lanterna Verde e Vigilante. É de Moore a história O Que Aconteceu ao Homem do Amanhã?, última aventura do Superman antes da reformulação do personagem realizada por John Byrne em 1986.

Watchmen, criada com o desenhista Dave Gibbons, foi uma releitura moderna e adulta do universo dos super-heróis, lançada entre 1986 e 1987, e é considerada a história definitiva do gênero. Ao contar como um grupo de vigilantes mascarados se torna alvo de uma conspiração, Moore trouxe maturidade ao universo dos quadrinhos convencionais e a obra recebeu inúmeros prêmios, além de ser considerada pela revista Time como uma das 100 obras literárias mais importantes da língua inglesa no século 20.

Em 1988, Moore lançou uma das histórias definitivas de Batman, A Piada Mortal, que mostrava um ataque feroz do Coringa aos aliados do Homem-Morcego e teria repercussões por anos no Universo DC. Neste ano também, Moore se afastou da DC quando achou que não recebia todos os royalties devidos a ele por Watchmen. O autor dedicou-se a trabalhos independentes nos anos seguintes, como a série Lost Girls, uma releitura erótica das aventuras de algumas personagens femininas da literatura infantil; e Do Inferno, sobre a investigação dos crimes de Jack, o Estripador.

Durante a década de 1990, Moore realizou trabalhos para a Image Comics, em títulos como Spawn, WildCats e, principalmente, Supremo, que mostrou-se uma reinvenção velada de conceitos ligados ao Superman. Em 1998, Moore foi convidado por Jim Lee a criar um selo de quadrinhos para a editora Wildstorm. Moore deu origem a cinco séries que conquistariam a crítica especializada e ganhariam inúmeros prémios. A Liga Extraordinária, que reune personagens da literatura vitoriana em uma mesma aventura; Tom Strong, sobre um herói que parece saído diretamente da literatura pulp; Top Ten, que mostra o dia-a-dia de uma delegacia de polícia numa cidade habitada por superseres; Promethea, na qual uma garota simples transforma-se em uma heroína ligada ao universo da magia; e Tomorrow Stories, uma antologia de histórias curtas com personagens de diversos gêneros. Em meio às negociações com a Wildstorm, Jim Lee vendeu a editora para a DC Comics e, mesmo se Moore não gostou muito desse desenvolvimento, aceitou o fato e seguiu em frente com o projeto, chamado America’s Best Comics.

Hoje, Moore se dedica a poucos projetos. Tem lançado séries e especiais da Liga Extraordinária pela editora Top Shelf, após o final do selo America’s Best Comics; e, pela editora Avatar Comics, lançou Neonomicon, série de terror que reinterpreta conceitos criados pelo escritor H.P. Lovecraft, e Fashion Beast, uma crítica ao mundo da moda. (Maurício Muniz)

Banner Ilustrativo

Produtos encontrados: 176 Resultado da Pesquisa por: autor-alan-moore em 158 ms

Itens por página:

Produtos selecionados para comparar: 0Comparar

Produtos encontrados: 176 Resultado da Pesquisa por: autor-alan-moore em 158 ms

Itens por página:

Produtos selecionados para comparar: 0Comparar

Buscar no site
Ambiente 100% Seguro!

Itens|

Bem-vindo

Você achava que nunca iria completar sua coleção de gibis? Então bem-vindo à Rika Comic Shop! Somos o maior sebo de gibis do Brasil com mais de 100 mil títulos no catálogo! Temos edições de todas as épocas e para todas as idades. Perdeu um número nas bancas? Ache ele aqui! Quer relembrar os tempos de criança? Pesquise os gibis favoritos da sua infância no site da Rika. Quer conhecer gibis de outros lugares? Temos gibis de vários países diferentes! Rika Comic Shop - O paraíso do colecionador de quadrinhos!

Segurança na compra
Avaliação de Lojas e-bit
Loja Confiável
Formas de Pagamento

Copyright © 1996 - 2016 www.rika.com.br, TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.
É vedada a reprodução, total ou parcial do site, sem a expressa autorização da administradora do site.

O ERP ideal para seu negócio onlinePowered by VtexDesign By Quatro Digital - Implantação VTEX

Preços e condições de pagamento exclusivos para compras realizadas através do site. Os estoques são limitados e os valores não se aplicam à nossa rede de lojas físicas podendo sofrer alterações sem aviso prévio.
Em caso de divergência, o preço válido é o do carrinho.

R. Kozesinski ME - Rika Comic Shop - CNPJ: 85.480.085/0001-05 - IE: 117.048.313.115 - SAC: (11) 3284-4908 - contato@rika.com.br